Professora do Decom realiza pesquisa de pós-doutorado sobre formação de jornalistas para a paz

Fonte: Divulgação/Site da Universidad Javeriana

A professora Angela Zamin, do Departamento de Ciências da Comunicação, da UFSM Campus Frederico Westphalen, realiza de março de 2018 até fevereiro de 2019 sua estância de pós-doutoramento na Pontificia Universidad Javeriana, na sede de Bogotá, Colômbia. “Gramáticas do jornalismo entre o conflito e a paz” é a temática central da investigação que pretende identificar e analisar experiências de formação de jornalistas com vistas ao enfrentamento de conflitos e à construção de processos de paz que se sustentem, considerando o papel destes profissionais e dos meios em que atuam quando da elaboração de narrativas e reflexões sobre o conflito, a construção da paz e o pós-conflito.

Quatro regiões privilegiadas devem ser acessadas para compreender a relação jornalismo, conflito e paz: 1) entidades e fóruns, como Medios para la paz, Fundación para la libertad de prensa, Fundación Nuevo Periodismo Iberoamericano, Programa Antonio Nariño e Programa de las Naciones Unidas para el Desarrollo; 2) experiências gestadas nas redações, como as unidades de paz; 3) programas de formação profissional e, finalmente, 4) programas de formação acadêmica.

A pesquisa está sendo realizada sob supervisão da professora doutora Maryluz Vallejo, coordenadora do campo de Jornalismo na Facultad Comunicación y Lenguaje e da linha “Estudios de Periodismo” do grupo Comunicación, Medios y Cultura e integrante do Consejo de Redacción e do Observatorio de Medios.

 

Fonte: Site da Universidad Javeriana (http://comunicacionylenguaje.javeriana.edu.co/noticias/noticias?aID=9471661&tID=22767#.WsvklIjwbIU)

Kássia Lutz

Sobre Kássia Lutz

Estudante de Relações Públicas na UFSM-FW. Bolsista da Agência de Comunicação.